Por Dalila Magarian

Quem tem um pet em casa sabe: cada ângulo do melhor amigo vale um registro. Nem sempre é fácil, contudo, conseguir uma boa foto – especialmente porque os peludos não curtem ficar paradões. Então, qual o segredo para eternizar aquele flagrante bacana do animal de estimação? Fizemos essa pergunta a três renomados fotógrafos cariocas, famosos por clicar celebridades para jornais e revistas – afinal, nossos bichinhos merecem as melhores dicas! Segundo eles, embora a técnica seja importante, a conexão com o animal é capaz de fazer toda a diferença. Ou seja: quanto mais o gato ou cão se sentirem próximos e queridos por seus tutores, mais fácil será obter os melhores flagrantes.

Rodrigo Lopes (www.rodrigolopes.com), dono de quatro lindos bichanos, recomenda brincar com os animais antes de iniciar a sessão de fotos. “Dessa maneira, eles ficam menos desconfiados, mais descontraídos e atentos ao tutor”, diz. Ele e a esposa, Isabela Lira, são donos de quatro gatos, resgatados em instituições. Teco, de 12 anos, Lolô Paçoca, de 10, além de Batman e Zig, ambos com 5 anos, são considerados membros da família. “Eles dão vida à casa e também adicionam humor à nossa rotina”, diz Rodrigo. Batman (na foto em destaque), que faz sucesso até mesmo no estúdio por onde passam muitos globais, é carinhosamente tratado como o “artista” da família, já que, além de bonito, adora fazer pose. “Costumo fazer flagrantes bacanas dele e dos outros quando eles estão despertando de uma soneca. Sempre acordam com caras boas para fotos, sem falar que os bocejos geram ótimos flagrantes. Fica parecendo que estão falando ou mesmo gritando.”

 

 

Para a fotógrafa Virna Santolia (www.virnasantolia.com.br), “mãe” de Aurora, uma poodle branca de 11 anos que até já serviu de modelo para campanhas publicitárias, paciência é o principal ingrediente de uma boa foto. “O ideal é esperar que eles se movimentem de maneira espontânea e sem estresse. Assim você consegue tirar o melhor de cada momento.” Para conseguir a foto de Aurora com figurinos especiais (como a roupa de coelhinho da foto), Virna costuma posicioná-la em local um pouco elevado. “Ela fica sentada e olha diretamente para a lente.” Virna lembra que o pet deve ficar em um local com boa luz natural, para que a imagem não saia escurecida. No caso de precisar usar flash, mantenha distância, para não deixar os olhos do animal avermelhados. Além disso, alguns pets se assustam com o disparo da luz, o que vai atrapalhar o restante da sessão.

Dono da cadelinha Preta, o fotógrafo Marcelo Correa (@marcelocorrea) sugere valorizar as imagens do cotidiano do cão e seu universo particular. “As melhores fotos são aquelas de como o pet fica ao ver o dono chegar, o jeito que ele dorme, brinca sozinho ou com alguém”, diz. Segundo ele, aproveitar os cantinhos da casa para clicar o peludo costuma dar bons resultados – nesses lugares, eles se sentem seguros. “Também gosto de pegar os flagrantes de suas posições preferidas, o momento do carinho, as horas de preguiça e, também, do agito. As situações inusitadas que nos surpreendem de forma espontânea são aquelas que mais valem a pena registrar”, afirma. E para não perder o timing? “O truque é deixar o celular ou a câmera sempre à mão, já que a ação precisa ser rápida.”

Na hora de escolher as melhores fotos e criar aquele álbum bacana, Marcelo sugere selecionar aquelas que revelem a verdadeira personalidade do animal. “A graça em fotografar um pet está na alegria por descobrir as variações de humor ao longo dos dias e dos anos, e como essa convivência prazerosa aparece na rotina com seu cuidador”, completa.
A dica final diz respeito ao tratamento das imagens. Para quem deseja dar um toque profissional, Rodrigo Lopes sugere usar um editor de fotos como o Snapseed, que pode ser baixado no celular. “Dê aquela ajeitada, capriche no enquadramento, ajuste a cor e o brilho. Esse acabamento conta muito para o resultado da sua foto e seu pet vai ficar ainda mais bonito.”

 

Agora que você já sabe como conseguir os melhores flagras, que tal enviar uma foto do seu pet para a gente? Mande por meio do nosso Facebook ou Instagram. Os melhores cliques serão publicados aqui no nosso blog!